Genocídio – Depression (1990)

“MÚSICA PESADA, LETRAS PSICOLÓGICAS E RESPEITO DO PÚBLICO”

Alguns meses antes das gravações do EP Genocídio (1988), Zé Galinha deixa a banda, sendo substituído por Juma. O lançamento do EP Genocídio serviu para projetar à banda junto de seu público e lhe ajudou a ganhar alguma popularidade no underground. Em seguida conseguiu um contrato de dois álbuns com a Hellion Records e logo veio Depression (1990), primeito álbum completo em que o grupo aprofundou-se no Death Metal visceral de antes. Naquele momento a habilidade dos músicos com seus instrumento e a familiaridade da banda com o estúdio ainda era muito primária, mas – novamente – o álbum repercutiu nos recantos mais obscuros do underground paulista e ajudou a formar a identidade da banda com os adeptos da música extrema. Com uma música sombria e pesada, o som da banda foi realçado por letras de fundo psicológico e consolidou o respeito que vinha adquirido dia após dia. E foi assim que começaram a descobrir o rumo que deveriam dar a sua forma de tocar.

Detalhe importante: ter um videoclipe naquela época era coisa de banda com gravadora, mas eles conseguiram fazer um para a faixa-título, Depression, que foi muito veiculado na MTV Brasil, e isto os ajudou a atingir a um público ainda maior. Considerado pelos fãs e pela crítica como um dos álbuns mais representativos da trajetória da banda e do Death Metal brasileiro dos anos 90, o registro foi relançado em 2018 pela Black Hearts Records, sendo que esta reedição saiu em digipak com painel de 4 partes e livreto de 8 páginas. Para os mais nostálgicos há, ainda, a versão no formato K-7  limitada a 100 cópias.

NOTA: 7,5/10.


Referências:

2 comentários

Feedback é bom e eu gosto!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s